segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Sugestões de Parecer Descritivo

Sugestões de Parecer Descritivo
                                          Portfólio: relatório individual
Aluno:...............................................................................................
                                       Relatório Individual
O...................é um menino inteligente, observador e perspicaz. Neste semestre ele se destacou ainda mais na área das Artes. Gosta muito de desenhar e criar personagens para seus jogos; consegue entrar com facilidade no mundo do imaginário, sem se ater a ele, pois distingue a diferença entre o mundo de seus sonhos e a realidade. Possui um bom desenvolvimento artístico e lógico. Tem aprimorado cada dia mais seu campo visual, dimensão, proporção, lateralidade, noções de perspectivas e estratégia. Elabora bem sua produção artística usando todos os meios possíveis para se expressar com clareza por meio dela. Não gosta de colorir seus desenhos, pois já quer começar outro desenho aperfeiçoado. É detalhista em suas produções artísticas, mas não me parece ser assim com as outras disciplinas, na maioria das vezes só faz o que gosta. Após começo do acompanhamento psicopedagógico, ele se sentiu mais seguro e capaz de interagir com seus colegas e sentindo-se capaz de realizar as atividades por meio das habilidades artísticas. Antes desse acompanhamento, apresentava sérias dificuldades de interação com todos na escola, sempre calado e sozinho. Passou por um processo intermediário, ora era calado e fechado, ora explodia em brincadeiras e chamava a atenção de todos os colegas, tornando quase impossível a continuidade da aula. Suas atitudes nesses momentos foram muito prejudiciais ao seu desenvolvimento cognitivo, mas produtivo para sua inteligência emocional. Como é um aluno que gosta muito de artes, ele foi eleito junto com outro coleguinha, para ajudar a professora de artes a organizar e montar a exposição dos trabalhos artísticos de toda a classe para o Evento Cultural. Agora que encontrou o equilíbrio ele voltou a desenvolver-se em sua totalidade. É uma criança cômica que gosta de provocar seus colegas. Mas está aprendendo e respeitar as diferenças de cada e brincar com todos sem ferir.
Profª.............................................................

MODELO DE RELATÓRIO INDIVIDUAL DO ALUNO...
Em relação à assimilação e fixação dos conteúdos:
O aluno é excelente, independente e realiza todas as atividades.
O aluno é muito bom, porém tem necessidade de consultar o professor.
O aluno possui dificuldade, é dependente do professor, mas realiza apesar de apresentar bastante lentidão.
O aluno possui dificuldade, é extremamente dependente do professor,não consegue realizar nada sozinho e não demonstra vontade em aprender.

Concentração e atenção às explicações em sala de aula:

O aluno é participativo.
O aluno é participativo, mas se empolga demais o que às vezes atrapalha.
O aluno participa somente quando é solicitado.
O aluno não participa da aula. Demonstra apatia.
O aluno é distraído, conversa e ainda atrapalha os demais.

Quanto à correção:
O aluno não consegue corrigir os erros (clipes) sozinho, necessita que o professor lhe oriente durante a correção, seja ela no caderno ou na apostila, pois se distrai com muita facilidade.
O aluno é excelente. Consegue identificar e corrigir seus erros (clipes) sem auxílio do professor, sejam eles no caderno ou na apostila.
O aluno não corrige certo da lousa, pois apresenta deficiência visual.
O aluno não corrige certo da lousa, devido à falta de atenção.

Quanto ao relacionamento do aluno com os colegas:
Relaciona-se bem com todos os colegas.
Não relaciona-se bem com os colegas, gosta de se isolar.
Não relaciona-se bem com os colegas, é agressivo.
Gosta de realizar trabalhos em grupo.
Demonstra resistência em fazer trabalhos em equipe.

Quanto à Caligrafia e desempenho do aluno em sala de aula
:
O aluno é excelente, tem a letra linda, é caprichoso e não apresenta erros.
O aluno é excelente , mas por querer ser o primeiro da classe a terminar, acaba deixando a desejar no capricho e na letra.
O aluno tem uma caligrafia boa, porém com muitos erros.
O aluno tem uma caligrafia ruim, mas não apresenta erros.
O aluno tem uma letra muito bonita e sem erros, mas demora muito para copiar.
O aluno precisa fazer caligrafia (caderno).
O aluno não precisa fazer caligrafia.

Quanto à disciplina:
O aluno apresenta comportamento excelente tanto em sala de aula , como na fila.
O aluno apresenta comportamento excelente em sala, porém na fila, deixa a desejar.
O aluno conversa , porém acata às regras da sala.Uma chamada de atenção é suficiente.
O aluno é indisciplinado, cabendo ao professor chamar-lhe a atenção em muitos momentos.

Quanto ao reforço:
O aluno não necessita de reforço paralelo.
O aluno necessita de reforço e comparece a todos.
O aluno necessita de reforço, mas não comparece devido à resistência dos pais ou do próprio aluno.
O aluno comparece aos reforços, mas apresenta resistência em realizar as atividades propostas (pede para ir ao banheiro; beber água, distrai-se com facilidade, conversa, brinca).

Quanto ao material usado em sala e lição de casa:

O aluno realiza a lição de casa com capricho.
O aluno realiza a lição de casa sem capricho.
O aluno não realiza a lição de casa.
O aluno traz todos os materiais necessários.
O aluno esquece o material escolar.
Quanto à Leitura:
O aluno lê com fluência e entonação adequados.
O aluno lê, mas não respeita os sinais de pontuação.
O aluno tem dificuldade na leitura das palavras.
O aluno não lê.
Quanto ao uso de óculos:
O aluno não usa óculos.
O aluno usa óculos normalmente.
O aluno mostra resistência em usar o óculos, desta forma a professora tem que solicitar constantemente que o mesmo faça uso correto.

Em relação à assiduidade do aluno:
falta muito e as mesmas o estão prejudicando no aprendizado.
o aluno não falta, exceto se for estritamente necessário.
o aluno não deverá faltar, está com excesso de faltas.
o aluno não consegue colocar o conteúdo de sala de aula em ordem devido as número de faltas.

Em relação a seus materiais:
organiza com ajuda das professoras e inspetora.
organiza com total independência.
não consegue se organizar.
esquece frequentemente materiais na sala.
perde frequentemente materiais na sala.

Em relação aos responsáveis:
- “necessitam” de atenção especiais.
- são participativos.
- são criteriosos, indagam bastante e acompanham o desenvolvimento do filho.
- geralmente não acompanham as lições/estudo do filho, porém participam das atividades.
- não são participativos e pouco comparecem às atividades.
Relatório Individual

Em relação à assimilação e fixação dos conteúdos:
O aluno é excelente, independente e realiza todas as atividades.
O aluno é muito bom, porém tem necessidade de consultar o professor.
O aluno possui dificuldade, é dependente do professor, mas realiza apesar de apresentar bastante lentidão.
O aluno possui dificuldade, é extremamente dependente do professor,não consegue realizar nada sozinho e não demonstra vontade em aprender.

Concentração e atenção às explicações em sala de aula:
O aluno é participativo.
O aluno é participativo, mas se empolga demais o que às vezes atrapalha.
O aluno participa somente quando é solicitado.
O aluno não participa da aula. Demonstra apatia.
O aluno é distraído, conversa e ainda atrapalha os demais.

Quanto à correção:
O aluno não consegue corrigir os erros (clipes) sozinho, necessita que o professor lhe oriente durante a correção, seja ela no caderno ou na apostila, pois se distrai com muita facilidade.
O aluno é excelente. Consegue identificar e corrigir seus erros (clipes) sem auxílio do professor, sejam eles no caderno ou na apostila.
O aluno não corrige certo da lousa, pois apresenta deficiência visual.
O aluno não corrige certo da lousa, devido à falta de atenção.

Quanto ao relacionamento do aluno com os colegas:
Relaciona-se bem com todos os colegas.
Não relaciona-se bem com os colegas, gosta de se isolar.
Não relaciona-se bem com os colegas, é agressivo.
Gosta de realizar trabalhos em grupo.
Demonstra resistência em fazer trabalhos em equipe.

Quanto à Caligrafia e desempenho do aluno em sala de aula:
O aluno é excelente, tem a letra linda, é caprichoso e não apresenta erros.
O aluno é excelente , mas por querer ser o primeiro da classe a terminar, acaba deixando a desejar no capricho e na letra.
O aluno tem uma caligrafia boa, porém com muitos erros.
O aluno tem uma caligrafia ruim, mas não apresenta erros.
O aluno tem uma letra muito bonita e sem erros, mas demora muito para copiar.
O aluno precisa fazer caligrafia (caderno).
O aluno não precisa fazer caligrafia.

Quanto à disciplina:
O aluno apresenta comportamento excelente tanto em sala de aula , como na fila.
O aluno apresenta comportamento excelente em sala, porém na fila, deixa a desejar.
O aluno conversa , porém acata às regras da sala.Uma chamada de atenção é suficiente.
O aluno é indisciplinado, cabendo ao professor chamar-lhe a atenção em muitos momentos.

Quanto ao reforço:
O aluno não necessita de reforço paralelo.
O aluno necessita de reforço e comparece a todos.
O aluno necessita de reforço, mas não comparece devido à resistência dos pais ou do próprio aluno.
O aluno comparece aos reforços, mas apresenta resistência em realizar as atividades propostas (pede para ir ao banheiro; beber água, distrai-se com facilidade, conversa, brinca).

Quanto ao material usado em sala e lição de casa:
O aluno realiza a lição de casa com capricho.
O aluno realiza a lição de casa sem capricho.
O aluno não realiza a lição de casa.
O aluno traz todos os materiais necessários.
O aluno esquece o material escolar.

Quanto à Leitura:
O aluno lê com fluência e entonação adequados.
O aluno lê, mas não respeita os sinais de pontuação.
O aluno tem dificuldade na leitura das palavras.
O aluno não lê.

Quanto ao uso de óculos:
O aluno não usa óculos.
O aluno usa óculos normalmente.
O aluno mostra resistência em usar o óculos, desta forma a professora tem que solicitar constantemente que o mesmo faça uso correto.

Em relação à assiduidade do aluno:
falta muito e as mesmas o estão prejudicando no aprendizado.
o aluno não falta, exceto se for estritamente necessário.
o aluno não deverá faltar, está com excesso de faltas.
o aluno não consegue colocar o conteúdo de sala de aula em ordem devido as número de faltas.

Em relação a seus materiais:
organiza com ajuda das professoras e inspetora.
organiza com total independência.
não consegue se organizar.
esquece frequentemente materiais na sala.
perde frequentemente materiais na sala.

Em relação aos responsáveis:
- “necessitam” de atenção especiais.
- são participativos.
- são criteriosos, indagam bastante e acompanham o desenvolvimento do filho.
- geralmente não acompanham as lições/estudo do filho, porém participam das atividades.
- não são participativos e pouco comparecem às atividades.


RELATÓRIOS
Ana Carolina adaptou-se muito bem à escola tendo um bom relacionamento com os colegas e com a professora. Participa e colabora nas atividades, somente quando solicitada pela professora. No grupo, nem sempre interage e troca conhecimentos.        Ana Carolina distrai-se facilmente durante a realização de suas atividades, sendo necessária a interferência da professora para que volte a realizá-las. A professora tem conversado para que mude essa atitude, porém nem sempre é atendida.
Organiza seus pertences, colabora na organização da sala após as brincadeiras e atividades realizadas em grupos e individuais.  Reconstrói quebra-cabeça sem dificuldade. Gosta de jogar e brincar com alguns colegas e com a professora. Respeita as regras e os limites da classe.
 Participa de jogos e brincadeiras que envolvem músicas e danças. Sabe cantar as músicas trabalhadas em classe.Em suas produções artísticas utiliza várias cores, respeitando o espaço-limite. Gosta de manusear pincel e tintas.
Em Matemática, reconhece escritas numéricas para representar quantidades. Associa um número a cada objeto. Ao contar objetos, organiza a contagem, sincronizando seus gestos com a seqüência recitada. Identifica e denomina diferentes posições de um objeto no espaço e em relação ao outro. Reconhece e identifica formas geométricas e cores trabalhadas. Adiciona e subtrai com material concreto. Utiliza corretamente a escrita dos numerais.  Escrevendo-os, às vezes, de forma espelhada, o que está sendo corrigido pela professora.
Em Linguagem, familiarizou-se com a linguagem escrita em situações de leitura feita pela professora e em experiências com textos de diferentes gêneros. Disponibiliza-se a escutar e compreender histórias lidas pela professora. Sabe reproduzir seu nome sem modelo. Reconhece e escreve todas as letras correspondentes ao alfabeto associando-as ao som.Encontra-se silábica, escrevendo uma letra para cada sílaba, o que é normal no início do processo de alfabetização. Demonstra interesse em manusear livros e gibis. Todas as segundas-feiras, durante a roda de leitura, Ana Carolina disponibiliza-se a ler sua história, quando solicitada, recontando-a com certa timidez.
Durante este trimestre, valorizamos todas as formas de vida e fortalecemos a família como espaço primeiro de valorização da vida. Realizou as atividades propostas com interesse, compreendendo o conteúdo.
       Durante as aulas de Educação Física, apresentou um bom aproveitamento, através de atividades que utilizam o próprio corpo como forma de expressão. Buscou-se a conscientização dos diversos movimentos corporais que consegue realizar, trabalhando com materiais variados, ampliando o domínio dos mesmos.  Pequenos jogos em equipes foram desenvolvidos estimulando o sentido de convivência com o coletivo, suas regras e valores. Cantigas de roda e músicas infantis são apresentadas possibilitando a expressão corporal e o sentido rítmico da criança.
Motivada pelos materiais utilizados em sala de aula tem demonstrado muito interesse e participado de todas as atividades propostas. Nas atividades orais, demonstrou um pouco de timidez no início, mas, com o incentivo da professora, foi participando com maior freqüência. Nas atividades de registro, tem apresentado capricho.
      Atingiu os objetivos propostos para o trimestre.
Em Linguagem, familiarizou-se com a linguagem escrita em situações de leitura feita pela professora e em experiências com textos de diferentes gêneros. Disponibiliza-se a escutar e compreender histórias lidas pela professora. Sabe reproduzir seu nome sem modelo. Reconhece e escreve todas as letras correspondentes ao alfabeto associando-as ao som. Possui um ótimo reconhecimento das famílias silábicas estudadas, escrevendo e lendo todas as palavras trabalhadas. Demonstra interesse em manusear livros e gibis.
....
Bruno adaptou-se muito bem à nova série tendo um ótimo relacionamento com os colegas e com a professora. Participa e colabora nas atividades realizadas em grupos. No grupo, interage e troca conhecimentos, somente quando solicitado, fortalecendo a sua aprendizagem e contribuindo com a aprendizagem dos colegas.   Organiza seus pertences, colabora na organização da sala após as brincadeiras e atividades realizadas em grupos e individuais. Respeita as regras e os limites da classe. Motivado pelos materiais utilizados em sala de aula tem demonstrado muito interesse e participado de todas as atividades propostas, porém, distrai-se com facilidade, exigindo uma nova explicação da professora para concluir suas atividades. Demonstrou um ritmo bastante lento na execução das atividades.
 Participa de jogos e brincadeiras que envolvem músicas e danças. Sabe cantar as músicas trabalhadas em classe. Reconstrói quebra-cabeça sem dificuldade.
Em Matemática, reconhece escritas numéricas para representar quantidades. Associa um número a cada objeto. Ao contar objetos, organiza a contagem, sincronizando seus gestos com a seqüência recitada. . Gosta de jogar e brincar com os colegas e com a professora. Identifica e denomina diferentes posições de um objeto no espaço e em relação ao outro. Reconhece e identifica formas geométricas e cores trabalhadas. Adiciona e subtrai com material concreto. Utiliza corretamente a escrita dos numerais.  Escrevendo-os, às vezes, de forma espelhada, o que está sendo corrigido pela professora.
Em Linguagem, familiarizou-se com a linguagem escrita em situações de leitura feita pela professora e em experiências com textos de diferentes gêneros. Disponibiliza-se a escutar e compreender histórias lidas pela professora. Sabe reproduzir seu nome sem modelo. Reconhece e escreve todas as letras correspondentes ao alfabeto associando-as ao som. Demonstra interesse em manusear livros e gibis.
Bruno realiza suas atividades com atenção e capricho.
          Durante as aulas de Educação Física apresentou um bom aproveitamento, através de atividades que utilizam o próprio corpo como forma de expressão. Buscou-se a conscientização dos diversos movimentos corporais que consegue realizar, trabalhando com materiais variados como: bolas, arcos, espaguetes e cordas, ampliando o domínio dos mesmos.  Pequenos jogos em equipes foram desenvolvidos estimulando o sentido de convivência com o coletivo, suas regras e valores. Cantigas de roda e músicas infantis são apresentadas possibilitando a expressão corporal e o sentido rítmico da criança.
        
..........

Eric adaptou-se muito bem à nova série tendo um ótimo relacionamento com os colegas e com a professora. Participa e colabora nas atividades realizadas em grupos. No grupo, interage e troca conhecimentos, fortalecendo a sua aprendizagem e contribuindo com a aprendizagem dos colegas.  Nem sempre organiza seus pertences e colabora na organização da sala após as brincadeiras e atividades realizadas em grupos e individuais.  Reconstrói quebra-cabeça sem dificuldade. Gosta de jogar e brincar com os colegas e com a professora. Respeita as regras e os limites da classe.
 Participa de jogos e brincadeiras que envolvem músicas e danças. Sabe cantar as músicas trabalhadas em classe. Em suas produções artísticas utiliza várias cores, respeitando o espaço-limite. Gosta de manusear pincel e tintas.
Em Matemática, reconhece escritas numéricas para representar quantidades. Associa um número a cada objeto. Ao contar objetos, organiza a contagem, sincronizando seus gestos com a seqüência recitada. Identifica e denomina diferentes posições de um objeto no espaço e em relação ao outro. Reconhece e identifica formas geométricas e cores trabalhadas. Adiciona e subtrai com material concreto. Utiliza corretamente a escrita dos numerais.
Em Linguagem, familiarizou-se com a linguagem escrita em situações de leitura feita pela professora e em experiências com textos de diferentes gêneros. Disponibiliza-se a escutar e compreender histórias lidas pela professora. Sabe reproduzir seu nome sem modelo. Reconhece e escreve todas as letras correspondentes ao alfabeto associando-as ao som. Reconhece as famílias silábicas estudadas, escrevendo e lendo a maioria das palavras trabalhadas. Demonstra interesse em manusear livros e gibis..  .
Eric, às vezes, distrai-se durante a realização de suas atividades, sendo necessário que a professora chame a sua atenção para que volte a realizar as atividades.
         Durante as aulas de Educação Física, apresentou um bom aproveitamento, através de atividades que utilizam o próprio corpo como forma de expressão. Buscou-se a conscientização dos diversos movimentos corporais que consegue realizar, trabalhando com materiais variados como: bolas, arcos, espaguetes e cordas, ampliando o domínio dos mesmos.  Pequenos jogos em equipes foram desenvolvidos estimulando o sentido de convivência com o coletivo, suas regras e valores. Cantigas de roda e músicas infantis são apresentadas possibilitando a expressão corporal e o sentido rítmico da criança.
          Durante as aulas observou apresentou um relacionamento muito bom com a nova língua e com a professora. Motivado pelos materiais utilizados em sala de aula tem demonstrado muito interesse e participado de todas as atividades propostas. Nas atividades orais, demonstrou um pouco de timidez no início, mas, com o incentivo da professora, foi participando com maior freqüência. Nas atividades de registro, tem apresentado capricho.
        
Em relação à assimilação e fixação dos conteúdos:
(   )O aluno é excelente
(   )O aluno é muito bom
(   )O aluno possui dificuldade
(   )O aluno é bom
Concentração e atenção às explicações em sala de aula:
(   )O aluno é participativo
(   )O aluno participa somente quando é solicitado
(   )O aluno não participa da aula
(   )O aluno é distraído, conversa e ainda atrapalha os demais
Quanto à correção:
(   )Se distrai com muita facilidade
(   )O aluno é excelente. Consegue identificar e corrigir seus erros sem auxílio do professor seja eles no caderno ou na apostila
(   )O aluno não corrige certo da lousa, devido à falta de atenção
Quanto à Caligrafia e desempenho do aluno em sala de aula:
(   )O aluno é excelente
(   )O aluno tem uma caligrafia boa, porém com muitos erros
(   )O aluno tem uma caligrafia que precisa melhorar
(   )O aluno tem uma letra muito bonita ,mas demora muito para copiar
Quanto à disciplina:
(   )O aluno apresenta comportamento excelente tanto em sala de aula, como na fila
(   )O aluno apresenta comportamento excelente em sala, porém na fila, deixa a desejar
(   )O aluno conversa , porém acata às regras da sala.Uma chamada de atenção é suficiente
(   )O aluno é indisciplinado, cabendo ao professor chamar-lhe a atenção em muitos momentos
(   )O aluno está conversando demais principalmente na hora de desenvolver as atividades
Quanto ao material usado em sala e lição de casa:
(   )O aluno realiza a lição de casa com capricho
(   )O aluno realiza a lição de casa sem capricho
(   )O aluno não realiza a lição de casa
(   )O aluno traz todos os materiais necessários
(   )O aluno esquece o material escolar
(   )O aluno as vezes não realiza as tarefas
(   )O aluno não realiza as tarefas de classe,deixa sempre incompleta.
tem demonstrado grande interesse em realizar suas atividades, realizando-as no tempo proposto e com capricho.
PARA O ALUNO PRÉ-SILÁBICO
v  Associar palavras e objetos;
v  Memorizar palavras globalmente;
v  Analisar palavras quanto ao número de letras, inicial e final;
v  Distinguir letras e números;
v  Reconhecer as letras do alfabeto (cursiva e bastão);
v  Familiarizar-se com os aspectos sonoros das letras através das iniciais de palavras significativas;
v  Relacionar discurso oral e texto escrito;
v  Distinguir imagem de escrita;
v  Observar a orientação espacial dos textos;
v  Produzir textos pré-silabicamente;
v  Ouvir e compreender histórias;
v  Identificar letras e palavras em textos de conteúdo conhecido.


PARA O ALUNO SILÁBICO
v  reconhecer a primeira letra das palavras no contexto da sílaba inicial;
v  comparar palavras memorizadas globalmente com a hipótese silábica;
v  Contar o número de letra das palavras;
v  Desmembrar oralmente as palavras em suas sílabas;
v  Reconhecer o som das letras pela análise da primeira sílaba das palavras;
v  Reconhecer a forma e as posições dos dois tipos de letras: cursiva e  maiúscula;
v  Identificar palavras em textos de conteúdo conhecido (qualquer tipo de palavra);
v  Produzir textos silabicamente;
v  Ouvir e compreender histórias;
v  Completar palavras com as letras que faltam (observando que o número de letras presentes exceda sempre o número de sílabas da palavra).


PARA O ALUNO ALFABÉTICO
v  Compor palavras com sílabas;
v  Decompor palavras em suas sílabas;
v  Produzir textos alfabeticamente;
v  Ler textos de seu nível;
v  Completar palavras com as sílabas que faltam;
v  Observar a segmentação entre as palavras no texto;
v  Observar os sinais de pontuação;
v  Ouvir e compreender histórias;
v  Completar textos com palavras;
v  Construir frases com palavras dadas.

·         Ao realizar suas atividades deve ser lembrado constantemente sobre sua postura. Pede auxílio aos colegas quando não consegue realizá-las sozinho. Distraí-se facilmente com conversas paralelas ou com objetos que trás de casa, como sua régua.
·         Possui agilidade ao correr. Gosta de jogar futebol, brincar de pega-pega e esconde-esconde.
·         Escreve seu nome, mas tem dificuldade em reconhecer as letras, inclusive as seu nome.
·         Realiza sua higiene sozinho, lavando as mãos, o rosto e escovando os dentes.
·         Estaremos trabalhando para oferecer ao João oportunidades de ampliar suas capacidades sociais, cognitivas e espirituais, contribuindo para o seu desenvolvimento integral e oportunizando aprendizagens significativas.
·          


JOHNNY STUART KAVIKIONE
O Johnny  demonstrou ser um menino inteligente e capaz, mas precisa compreender que sua disciplina, dedicação e  atenção são indispensáveis para o aprendizado. Tem dificuldades em manter-se concentrado, movimenta-se constantemente na cadeira , cantarolando, brincando e emitindo diversos sons ( armas, assovios e outros). Numa discussão em sala sobre  que profissão cada um gostaria de exercer ,fez o seguinte comentário: “ Eu quero ser policial pra ter um armão.”
Nas apresentações dos colegas demonstra-se impaciente ,  procurando conversar com os colegas a sua volta ou dispersa-se perdendo a atenção ao que estava sendo exposto. Estamos trabalhando com o Johnny para que possa superar esta atitude e seja capaz de ouvir e aprender com as explanações dos colegas. Está melhorando quanto ao respeito às apresentações dos colegas evitando a conversa, mas tem dificuldades em manter a concentração, movimentando-se e trocando constantemente de posição na cadeira, como virando-se  para trás e sentando-se de lado . Algumas vezes distrai-se pintando ilustrações de sua agenda.
                Nos trabalhos em equipes já está participando melhor  de algumas atividades, colaborando com o grupo para que se atinja o objetivo proposto. Utiliza a expressão oral para trocar idéias, experiências e sentimentos,  mas em vários momentos ainda dispersa-se em conversas e brincadeiras ou até saindo de seu lugar e rabiscando o quadro. Participa das discussões em grupo emitindo sua opinião, mas muitas vezes não respeita a fala dos colegas. Aos poucos está procurando esclarecer  seus conflitos através do diálogo mesmo que com ajuda.
Certo dia demonstrou um certo grau compreensão quanto sua responsabilidade para com o aprendizado. Realizando uma atividade comentou: “ Profe” hoje a minha mãe pediu pra eu ficar em casa com ela, eu disse que queria  vir pra escola fazer minhas atividades. Já pensou “profe” depois eu ter que fazer tudo isso aqui.
                Tem desenvolvido o prazer pela leitura, através das histórias,  imagens e produções.  Numa atividade de leitura, todos estavam lendo um texto no livro de português silenciosamente e derepente o Johnny, surpreso consigo mesmo falou: “Profe! Tô conseguindo lê o sonzinho aqui dentro da minha cabeça!”. Tem se esforçado em suas leituras, apesar de, em público,preferir as leituras de imagens e quando é incentivado a leitura de textos verbais  apresenta dificuldades em pronunciar algumas letras e sílabas e acaba desistindo. Sugere-se aos pais a continuar o incentivando a  leitura de textos verbais e não somente de imagens, dispondo ao Johnny livros diversos, para que pratique  também em casa, para  aprimorar  não somente a leitura, como também a ortografia e outros conhecimentos.
Na escrita sua hipótese é silábica , supondo que a escrita representa a fala, tenta fonetizar a escrita e dar valor sonoro às letras. Supõe que a menor unidade da língua seja a sílaba e que deve escrever tantos sinais quantas forem às vezes que mexe a boca, ou seja, para cada sílaba oral corresponde uma letra ou um sinal. Percebe a direção mais usual da escrita da esquerda para direita, de cima para baixo, apesar de algumas vezes não encontrar o lugar correto no caderno para a escrita pedindo auxílio da professora. Consegue coordenar corretamente a grafia das letras sobre as linhas. No próximo bimestre estará sendo estimulado  a utilizar a da letra cursiva.
                Está compreendendo o nosso sistema numérico, raramente pedindo ajuda para identificação de algum número. Nas atividades de cálculo a princípio teve dificuldades recorrendo a professora e colegas, mas tem superado gradativamente, utilizando recursos (caderno de rascunhos) para encontrar os resultados. Suas dificuldades maiores está em interpretar as questões matemáticas contextualizadas devido sua leitura.
Através de discussões e leitura de imagens e filme, compreende a importância da preservação da natureza e o impacto de algumas atitudes positivas e negativas na natureza e no futuro da humanidade. Reconhece algumas semelhanças e diferenças sociais, econômicas e culturais, de dimensão cotidiana, existentes no seu grupo de convívio escolar e na sua localidade.
                Reconhece a Deus como criador e mantenedor do Universo. Percebe que todas as atitudes geram conseqüências e que Deus está disposto a nos perdoar se nos arrependermos.
No desenvolvimento do projeto “Eco-decoração” com Romero Britto, identificou  algumas formas geométricas em objetos, ambientes e produções, confundindo-se apenas com o quadrado. Cria e constrói formas plásticas e visuais em espaços diversos, demonstrando sua capacidade e dedicação com atividades artísticas. Participar da leitura e discussão de textos simples, imagens e informações orais sobre o artista Romero Britto, sua biografia e suas produções.
O Johnny demonstra ser um menino questionador e que argumenta em defesa de suas opiniões e atitudes, um menino que terá um desenvolvimento surpreendedor, se for orientado apropriadamente e  estabelecidos a ele os devidos limites em suas ações e palavras.


Neste bimestre o Gustavo tem mostrado ser um menino muito seletivo preferindo brincar somente com um grupo. No inicio por ser uma criança nova no grupo tentou conquistar os amigos contando vantagens sobre si mesmo, mas percebeu que não estava dando muito certo e viu que a amizade precisa ser conquistada. Demonstra ser um menino tímido e sensível, tendo dificuldades em resolver suas discussões com os colegas, recorre à professora. Realiza suas atividades individuais tendo que ser constantemente lembrado que cada um deve fazer do seu jeito e que copiando do amigo ele não está aprendendo. Cumpre sempre seu papel procurando colaborar para que o seu grupo possa atingir seus objetivos. Quando se sente pressionado pelos colegas a realizar algo, ou quando percebe seu erro diante do grupo, inibi-se não realizando o que lhe está sendo solicitado. Participa das conversas no grande grupo dando sua opinião e ouvindo os colegas.
Tem sido estimulado a desenvolver o prazer pela leitura através das histórias e imagens, mas geralmente faz a apresentação para a turma, pela leitura das imagens ou prefere não apresentar sua leitura, demonstrando-se um pouco inseguro. Realiza leituras individuais com dificuldades, em tom baixo, dificultando a compreensão.
Na escola continuaremos com as leituras e sugerimos aos pais que também as realizarem em casa.
Superando suas dificuldades para reconhecer o alfabeto, percebendo que escrita possui regras a serem seguidas e compreendendo que a escrita representa o som da fala, evoluiu para a hipótese de escrita silábica, tentando fonetizar a escrita e dar valor sonoro às letras. Supõe que a menor unidade da língua seja a sílaba e que deve escrever tantos sinais quantas forem às vezes que mexe a bocal. Exemplo: PARET, para parente, BEGO para beijo. Mostra interesse em utilizar a escrita cursiva, tem um traçado bonito no caderno de caligrafia. Compreende e executa a direção mais usual da escrita da esquerda para direita, de cima para baixo. Suas produções textuais são restritas, criando apenas uma frase não elaborada, mas reproduzida de histórias que já conhece. Consegue definir as palavras separando-as nas frases.
           Escreve e reconhece a grafia dos números com segurança, até 100. Está evoluindo a cada dia na compreensão do sistema numérico. Nas atividades de cálculo demonstra muito interesse. Mostra os exercícios que faz em casa com seus pais e na sala está sempre cobrando da professora: “Quando é que vamos fazer as operações de adição”?
Reconhece a Deus como criador e mantenedor do Universo. Nas apresentações de histórias bíblicas, diz que já leu e as conhece, mas na hora de relatar esquece fatos importantes, fazendo com que as crianças desconfiem do que diz. Compreende que Deus Se preocupou em tornar o nosso mundo um lugar especial e com o projeto Romero Brito percebeu que simples gesto pode deixar o mundo mais colorido do jeito que Deus criou. Ao pintar sua telha ficou feliz e viu que as cores nos trazem alegria, querendo compartilhar com sua mãe a descoberta levou-a até a sala para ver o tinha feito.
Observando as fotos da sua trajetória de vida pode perceber as transformações ocorridas fazendo uma linha do tempo. Através do seu nome pudemos trabalhar as suas qualidades e ficou encantado quando os amigos lhe falaram as suas. Ficou impressionado com a infância de outras crianças, muitas tendo que trabalhar, outras incentivadas pelos pais fumam desde pequenas, refletiu sobre as diferenças entre as culturas na forma de viver a infância.
Participa timidamente de apresentações e ensaios musicais, com o grande grupo, procurando dedicar-se a aprendizagem das canções sempre que solicitado.
Realiza suas produções artísticas com dedicação e interesse.

GUSTAVO! Estou feliz com o seu progresso continue se esforçando


Durante este bimestre a Gabriela tem sido uma menina muito comprometida, nas atividades desenvolvidas e propostas pela professora, sempre se mostrando disposta a realizá-las com atenção e capricho. Realiza todas, sempre preocupada com a exatidão das mesmas, mostrando organização com seus pertences. Expressa suas necessidades, desejos e sentimentos na relação com o grupo, colocando suas opiniões e observações, quando não o faz, baixa a cabeça e se fecha fazendo com que todos percebem sua posição. Suas tarefas estão sempre em ordem.
Respeita as idéias dos colegas e utiliza o diálogo como forma de esclarecer conflitos e tomar decisões coletivas. Participa das discussões em grupo emitindo sua opinião e respeitando a fala dos colegas. Utiliza a expressão oral para trocar idéias, experiências e sentimentos.  Participa de atividades em pequenos grupos procurando colaborar para que o grupo possa atingir seus objetivos, principalmente vencer. Valoriza a amizade e percebe a importância de cultivar uma amizade duradoura e significativa. Demonstra prazer pela leitura de histórias imagens e produções. Faz a leitura do livro escolhido por ela para a turma, demonstrando ter estudado e se preparado. Utiliza a entonação correta e com segurança. Conhece o nome dos colegas e consegue identificar a grafia de cada um através da leitura. Percebe as diversas formas de escrita.               
Nas apresentações dos colegas demonstra interesse e atenção a história lida. Distingue a Língua Portuguesa como língua materna.
Sua hipótese de escrita é a ortográfica. Isto significa que deixou de lado hipóteses fonéticas substituindo por hipótese ortográfica manifestando tentativas de compreender e dar sentido as propriedades e características do sistema de escrita. Analisa as semelhanças e diferenças entre os grafemas e fonemas, ou seja, fala e escrita. A partir desta etapa, a Gabriela está observando a escrita ortográfica da palavra, percebendo que nem sempre o som determina com exatidão à escrita (céu – sol / lixo – chapéu). Compreende que a escrita tem uma função social: a comunicação. Continuaremos proporcionando a Gabriela possibilidades de análise e aprimoramento da ortografia, atividades de caligrafia, para utilização da escrita cursiva e estimulando-a a interpretação dos sinais gráficos e utilização do dicionário quando em dúvidas, continuando seu aprendizado.
Produz textos individuais ou coletivos fazendo uso de elementos verbais e não-verbais. Seus textos são bem elaborados, com significado, criatividade e legibilidade, não esquece o título e separa as palavras na frase. Percebe a direção mais usual da escrita da esquerda para direita, de cima para baixo e apresenta boa coordenação da escrita sobre as linhas do caderno.
Reconhece os números que aparecem no seu dia-a-dia. Compreende nosso sistema de numeração, escrevendo e reconhecendo a grafia dos números até 100. Percebe a seqüência temporal, através dos dias e da semana. Encontra o dia solicitado em sua agenda. Nas atividades de cálculo demonstra interesse e facilidade, solicitando desafios maiores, quando encontra dificuldades de interpretação de problemas solicita ajuda a professora.
Demonstrou interesse e atenção nos estudos de histórias bíblicas, compreendendo que a bíblia é uma carta escrita por Deus que nos conta lindas história de como Deus amou e cuidou de várias pessoas e que nos ama e cuida de nós também. Não gostou quando ouviu as apresentações dos amigos sobre crianças de outros lugares, referindo-se sobre a cultura e a infância dessas crianças, concluindo que devemos fazer como Romero Britto levar a alegria através de pequenos gestos, como reutilizar materiais, transformando em artes. No texto somos iguais ou diferentes comentou que nossa aparência pode ser igual, mas nossas atitudes nos tornam diferentes.
Demonstra compreensão de texto através da linguagem musical e participa de canções apreendidas. Realiza produções artísticas coerentes ao tema e objetivo propostos
PROFESSORA:     3º ANO DO CICLO 
RELATÓRIOS DO 4º BIMESTRE 
Ana Carolina de Carvalho. 03.03.99.
    A aluna lê e escreve com letra legível sua grafia é ortográfica, reconhece todos os fonemas, mas às vezes confunde-se ao escrever o que é normal neste processo. Tem leitura fluente com compreensão.
    Resolve problemas utilizando técnicas operatórias. Compreende o enunciado de um problema, identificando os dados essenciais para a resolução do mesmo. Efetua cálculos de multiplicação com reservas e adições simples compreendendo conceitos de algoritmos, empregando na resolução de problemas.
    A aluna atingiu o objetivo proposto para o ciclo estando apta para o 4º  ano do ciclo. 
Andreza Alexandre Leite. 12.05.99
    Suas produções textuais ainda refletem suas dificuldades em expressar-se através da escrita, apresentando duvidas quanto à ortografia e a troca de fonemas. Lê com dificuldades buscando decodificar as palavras.
Continua em processo na realização das operações de multiplicação e divisão.
A aluna atingiu parcialmente os conteúdos propostos do ciclo, necessitando permanecer para concluir seu processo de ensino e aprendizagem. 
Andrielly dos Santos Silva.  14.12.99. 
    Lê  com entonação e pontuação adequada diferente textos dos gêneros previstos para o ciclo. Observa e descreve situações, lê e escreve com letra legível,sua grafia é quase ortográfica e suas produções textuais apresentam maior clareza de idéias e criatividade. Tem leitura fluente com compreensão. Produz textos contendo poucos erros ortográficos e identifica a idéia principal de um texto informativo.
Continua em processo na realização das operações de multiplicação e divisão. 
Antonio Matias de Oliveira Lima. 17.09.99. 
    O aluno percebe os diversos pontos de vista trazidos pelos textos, melhorou em sua leitura e arrisca nas produções textuais, porem seus registros ainda refletem suas dificuldades em expressar-se através da escrita.
    Utiliza adequadamente os símbolos de linguagem matemática, sendo capaz de realizar adições e subtrações com reservas e recursos e multiplicação.
    Estabelece relações entre características e comportamento dos seres vivos. Enfrenta desafios colocados em situações de jogos e competições. Participa de atividades em grupo com responsabilidade e colaboração.
O aluno atingiu o objetivo proposto para o ciclo estando apto para o 4º ano do ciclo. 
Caio Bruno Castro da Silva.  29.03.98.
    O aluno ainda não demonstra interesse em participar das atividades propostas e dificilmente copia suas tarefas e as conclui. Ainda não desenvolveu hábitos e atitudes próprias do convívio social estando sempre envolvido em conflitos.
    Suas produções textuais ainda refletem suas dificuldades em expressar-se através da escrita, apresentando duvidas quanto à ortografia e a troca de fonemas. Lê com dificuldades buscando decodificar as palavras e frases.
 
Dalila Vitória de Oliveira Sales. 10.01.99

    A aluna respeita as regras e age com cooperação, participa de atividades em grupo com responsabilidade e colaboração.
    Narra histórias conhecidas e relatos de acontecimentos com seqüências e autonomia. Lê com entonação e pontuação adequada diferente textos dos gêneros previstos para o ciclo e percebe os diversos pontos de vista trazidos pelos textos. Revisa os próprios textos para aprimorá-los.
    Constrói, lê e interpreta gráficos de barra ou de coluna. Associa a multiplicação à idéia de adição de parcelas iguais. Efetua multiplicações e divisão .
A aluna atingiu o objetivo proposto para o ciclo estando apta para o 4º ano do ciclo.
 
Erick Silva da Conceição.  09.08.99. 
      Interpreta, improvisa e compõe demonstrando capacidade ou habilidade. Reconhece o próprio erro quando questionado, conseguindo escrever sozinha com poucos erros ortográficos, produz textos com coerência.
      Utiliza adequadamente os símbolos de linguagem matemática, sendo capaz de realizar adições e subtrações com reservas e recursos. Identificou varias formas geométricas reconhecendo-as em objetos do nosso cotidiano. Realizou a leitura de gráficos buscando informações com muita autonomia
      Resolve problema utilizando técnicas operatórias cálculos de adição, subtração e multiplicação sem auxilio do professor solucionando problemas do cotidiano e busca resolvê-los.
 
Gean Lucas Barbosa de Oliveira.  25.01.2000. 
    Observa e descreve situações, lê e escreve com letra legível, sua grafia é quase ortográfica e suas produções textuais apresentam maior clareza de idéias e criatividade. Tem leitura fluente com compreensão. Produz textos contendo poucos erros ortográficos e identifica a idéia principal de um texto informativo.
    Resolve problemas utilizando técnicas operatórias. Realiza cálculos de adição, subtração e multiplicação sem auxilio do professor solucionando problemas do cotidiano e busca resolvê-los.tem noção de divisão.
O aluno atingiu o objetivo proposto para o ciclo estando apto para o 4º ano do ciclo.

 
Igor Carlos Santos dos Anjos. 10.04.99. 
    Sua leitura e escrita evoluíram significativamente e já questiona aspectos ortográficos da língua ao escrever um texto ainda aglutina palavras. Apresentou desenvolvimento significativo em relação ao período anterior.
    Resolve problemas utilizando técnicas operatórias. Realiza cálculos de adição, subtração e multiplicação sem auxilio do professor solucionando problemas do cotidiano e busca resolvê-los.tem noção de divisão.
 
Ingrid Moraes da Silva Andrade.  01.04.2000. 
    Ainda continua no processo da construção da escrita, porem já iniciou o processo, arrisca a escrita individual, mas ainda atribui valor de silaba a uma só letra, ainda não produz textos e ainda não escreve de forma que se possa ler.
    Realiza cálculos de adição, subtração simples e soluciona problemas do cotidiano.
    A aluna necessita dar continuidade ao seu processo de ensino e aprendizagem. Não atingiu as proposta do ciclo. Recomendo que permaneça para desenvolver habilidade de leitura e escrita.
 
Juliany dos Santos Meira. 06.07.99 
      Interpreta, improvisa e compõe demonstrando capacidade ou habilidade. Reconhece o próprio erro quando questionado, conseguindo escrever sozinha com poucos erros ortográficos, produz textos com coerência.
      Utiliza adequadamente os símbolos de linguagem matemática, sendo capaz de realizar adições e subtrações com reservas e recursos. Identificou varias formas geométricas reconhecendo-as em objetos do nosso cotidiano. Realizou a leitura de gráficos buscando informações com muita autonomia
      Resolve problema utilizando técnicas operatórias cálculos de adição, subtração e multiplicação sem auxilio do professor solucionando problemas do cotidiano e busca resolvê-los. 
Kleyton Santos de Souza.  30.03.99. 
      O aluno respeita as regras e age com cooperação. Apresentou desenvolvimento significativo em relação ao período anterior. Sua leitura tornou-se mais fluente e clara, porem seus registros ainda refletem suas dificuldades em expressar-se através da escrita.
      Em matemática consegue realizar cálculos de adição, subtração e multiplicação. Conseguindo  estabelecer relações e representando os numerais e suas quantidades.
 
Laísa Melo dos Santos. 21.02.99. 
    A aluna divide as palavras em sílabas ao copiar ou produzir textos e ainda escreve com bastante erros ortográficos. Suas produções textuais ainda refletem suas dificuldades em expressar-se através da escrita, apresentando duvidas quanto á ortografia e a troca de fonemas. Lê com dificuldades buscando decodificar as palavras e frases.
    Utiliza adequadamente os símbolos de linguagem matemática, sendo capaz de realizar adições e subtrações. Possui noção de multiplicação e divisão. 
Leonan  Pereira da Silva.  18.10.99.

      Suas produções textuais ainda refletem suas dificuldades em expressar-se através da escrita, apresentando duvidas quanto à ortografia e a ortografia e a troca de fonemas. Lê buscando decodificar as palavras e frases. Atribui sentido ao que escreve , ainda que não utilize a escrita convencional.
    O aluno respeita as regras e age com cooperação. Enfrenta desafios colocados em situações de jogos e competições. Em matemática consegue realizar cálculos simples de adição e subtração. Tem noção de multiplicação e divisão. Conseguindo estabelecer relações e representando os numerais e suas quantidades. Compreende os enunciados dos problemas e busca resolvê-los.
Lucas da Silva Rodrigues. 05.12.99.
         Interpreta, improvisa e compõe demonstrando habilidade nas suas produções textuais. Tem leitura fluente com compreensão.
         Resolve problemas utilizando técnicas operatórias. Efetuou cálculos de adição e multiplicação com reservas de forma independente já aplicando o algoritmo para efetuá-los. Compreende os enunciados dos problemas e busca resolvê-los.
 
Luiz Carlos de Andrade Santana. 13.03.98.
    O aluno aparenta desejar atenções diferenciadas para si, solicitando que sejam feitas todas as sua vontades. Ainda em processo no respeito as regras e age com cooperação.
    Lê  palavras simples e as complexas com bastante dificuldade, pois ainda confunde. Reconhece grande parte das letras do alfabeto e para maioria já atribui valor sonoro.
      Na matemática o objetivo foi fazer com que tentassem formular hipóteses partindo de uma situação cotidiana ou “situação problema”. Logo estava argumentando, ouvindo a opinião do amigo e procurando validar seu ponto de vista. Além da aquisição de novos conceitos aprendeu a aceitar melhor a opinião dos colegas, busca dados e organizando todas estas informações e defendendo seu ponto de vista.
Mayara Monserrat de Pinto. 16.01.2000
      Interpreta, improvisa e compõe demonstrando capacidade ou habilidade. Reconhece o próprio erro quando questionado, conseguindo escrever sozinha com poucos erros ortográficos, produz textos com coerência.
      Utiliza adequadamente os símbolos de linguagem matemática, sendo capaz de realizar adições e subtrações com reservas e recursos. Identificou varias formas geométricas reconhecendo-as em objetos do nosso cotidiano. Realizou a leitura de gráficos buscando informações com muita autonomia
      Resolve problema utilizando técnicas operatórias cálculos de adição, subtração e multiplicação sem auxilio do professor solucionando problemas do cotidiano e busca resolvê-los. Tem noção de divisão . 
Milene Paula da Silva.  13.10.99.
    Suas produções textuais ainda refletem suas dificuldades em expressar-se através da escrita, apresentando duvidas quanto à ortografia e a troca de fonemas. Lê com dificuldades buscando decodificar as palavras. Ainda continua no processo da construção da escrita, porem já iniciou o processo, arrisca a escrita individual, mas ainda atribui valor de silaba a uma só letra, ao escrever um texto ainda aglutina palavras e não a escreve de forma que se possa ler.
 
Paulo de Oliveira da Silva.  18.02.99.
    Apresentou desenvolvimento significativo em relação ao período anterior. Sua leitura tornou-se mais fluente e clara, seus registros ainda refletem suas dificuldades em expressar-se através da escrita, porem teve melhorar significativas.
    Em matemática consegue realizar cálculos simples de adição, subtração e multiplicação. Tem noção de divisão. Compreende os enunciados dos problemas e busca resolvê-los. 
Romildo Portella de Sousa. 15.06.94. 
    O aluno lê palavras simples com bastante dificuldade, pois ainda confunde letras e ainda tem dificuldades em relação a grafemos e fonema. Reconhece grande parte das letras do alfabeto e para maioria já atribui valor sonoro.
    Ainda esta em construção no reconhecimento dos numerais, falta atribuir quantidade aos números. 
Samanta Maciel de Oliveira. 22.10.99. 
    Produz textos com coerência, reconhecendo seus próprios erros quando questionada. Tem leitura fluente com compreensão. Usa o diálogo como instrumento na busca de solução de problemas. Interpreta, improvisa e compõe demonstrando habilidade na produção textual. Sua leitura tornou-se mais fluente e clara.
      Resolve problemas utilizando técnicas operatórias. Realiza cálculos de adição, subtração e multiplicação sem auxilio do professor solucionando problemas do cotidiano e busca resolvê-los. 
Talita Pessanha Amorim. 15.04.99. 
    A aluna interpreta, improvisa e compõe demonstrando habilidade nas suas produções textuais. Sua leitura tornou-se mais fluente e clara. Possui grande interesse pelo mundo que a cerca. Produz textos com coerência, reconhecendo seus próprios erros quando questionada.
    Resolve problemas utilizando técnicas operatórias. Realiza cálculos de adição, subtração e multiplicação sem auxilio do professor solucionando problemas do cotidiano e busca resolvê-los. 
Gabriel. 
    Apresentou desenvolvimento significativo em relação ao período anterior. Sua leitura tornou-se mais fluente e clara, seus registros ainda refletem suas dificuldades em expressar-se através da escrita, porem teve melhorar significativas.
    Em matemática consegue realizar cálculos simples de adição, subtração e multiplicação. Tem noção de divisão. Compreende os enunciados dos problemas e busca resolvê-los.
Dalilla (2).

    Sua leitura tornou-se mais fluente e clara e na escrita evoluiu significativamente e já questiona aspectos ortográficos da língua. Produz textos com coerência, reconhecendo seus próprios erros quando questionada.
    Resolve problemas utilizando técnicas operatórias. Utiliza adequadamente os símbolos de linguagem matemática, sendo capaz de realizar adições e subtrações com reservas e recursos e multiplicação. Identificou varias formas geométricas reconhecendo-as em objetos do nosso cotidiano. Realizou a leitura de gráficos buscando informações com muita autonomia.



 
      O aluno passou a freqüentar as aulas no terceiro bimestre. Demonstra atitudes de solidariedade. Enfrenta desafios colocados em situações de jogos e competições. Respeita as regras e age com cooperação. Consegue copiar do quadro e realizar suas atividades sem auxilio.
       Utiliza adequadamente os símbolos de linguagem matemática, identificou varias formas geométricas reconhecendo-as em objetos do nosso cotidiano. Realizou a leitura de gráficos buscando informações com muita autonomia Resolve problemas utilizando técnicas operatórias. Realiza cálculos de adição, subtração e multiplicação sem auxilio do professor solucionando problemas do cotidiano e busca resolvê-los.
      Em ralação a leitura e escrita conseguiu avançar já compreendendo a função social de vários tipos de textos, tais como bilhetes, convites, receitas e histórias, contudo sua produção demonstra ainda precisar aprimorar sua leitura e escrita.
      Reconhece diferentes elementos que fazem parte da cultura popular.

 
    A aluna passou a fazer parte da turma no inicio do terceiro bimestre. È uma aluna assídua e participativa, demonstrando interesse nos trabalhos individuais e coletivos. Manteve  um bom relacionamento com a professora e os colegas. Respeita as regras e age com cooperação. Usa o diálogo como instrumento na busca de solução de problemas. Consegue copiar do quadro e realizar suas atividades sem auxilio.
    Observa e descreve situações, lê e escreve com letra legível,sua grafia é quase ortográfica e suas produções textuais apresentam maior clareza de idéias e criatividade.
      Utiliza adequadamente os símbolos de linguagem matemática, sendo capaz de realizar adições e subtrações com reservas e recursos. Identificou varias formas geométricas reconhecendo-as em objetos do nosso cotidiano. Realizou a leitura de gráficos buscando informações com muita autonomia. Resolve problemas utilizando técnicas operatórias. Realiza cálculos de adição, subtração e multiplicação sem auxilio do professor solucionando problemas do cotidiano e busca resolve-los.
    Estabelece relações entre características e comportamento dos seres vivos. Reconhece diferentes elementos que fazem parte da cultura popular. 
    O aluno aparenta ser desassistido pela família, pois suas tarefas extra classe não são realizadas. Necessita melhorar sua higiene pessoal e seu cuidado com o material escolar.
    O aluno costuma se preocupar com os hábitos e atitudes dos colegas e costuma utilizar inverdades para justificar seus atos ou relatar as atitudes dos colegas e usa de meios físicos para alcançar o que deseja.
    Lê  palavras simples com bastante dificuldade, pois ainda confunde letras e ainda tem dificuldades em relação a grafemas e fonema, reconhece grande parte das letras do alfabeto e para maioria já atribui valor sonoro.
    Associa a subtração à idéia de retirar uma quantidade de outra; completar uma quantidade até obter outra e comparar duas quantidades. Efetua subtrações. Enfrenta desafios colocados em situações de jogos e competições. 

VOCÊ  PENSA
VOCÊ    ESCREVE

O aluno não sabe
 
O aluno não adquiriu os conceitos, está em fase de aprendizado.

Não tem  limites

Apresenta dificuldades de auto-regulação, pois...

É nervoso

Ainda não desenvolveu habilidades para o convívio no ambiente escolar, pois...

Tem o costume de roubar

Apresenta dificuldades de autocontrole quando...

É agressivo

Demonstra agressividade em situações de conflito;                                                               usa de meios físicos para alcançar o que deseja.

É bagunceiro, relaxado, porco

Ainda não desenvolveu hábitos próprios de higiene e de cuidados com seus pertences.

Não sabe nada

Aprendeu algumas noções , mais necessita desenvolver...

É largado da família

Aparenta ser desassistido pela família, pois...

É desobediente

Costuma não aceitar e  compreender as solicitações dos adultos;
Tem dificuldades em cumprir regras...

É apático, distraído

Ainda não demonstra interesse em participar das atividades propostas;
Muitas vezes parece se desligar da realidade, envolvido em seus pensamentos

É mentiroso

Costuma utilizar inverdades para justificar seus atos ou relatar as atitudes dos colegas.

É fofoqueiro

Costuma se preocupar com os hábitos e atitudes dos colegas.

É chiclete

É muito afetuoso; demonstra constantemente seu carinho...

É sonso e dissimulado

Em situações de conflito coloca-se como espectador, mesmo quando está  clara a sua participação.

É preguiçoso

Não realiza as tarefas, aparentando desânimo e cansaço, porém logo parte para brincadeiras e outras atividades.

É mimado

Aparenta desejar atenções diferenciadas para si, solicitando que sejam feitas todas as sua vontades.

É    deprimido,  isolado, anti-social

Evita o contato e o diálogo com colegas e professores preferindo permanecer sozinho;
Ainda  não desenvolveu hábitos e atitudes próprias do convívio social.

É tagarela

Costuma falar mais do que o necessário, não respeitando os momentos em que o grupo necessita de silêncio.

Tem a boca suja

Utiliza-se de palavras pouco cordiais par repelir ou afrontar

Possui distúrbio de comportamento

Apresenta comportamento fora do comum para sua idade e para o convívio em grupo, tais como...

É egoísta

Ainda não sabe dividir o espaço e os materiais de forma coletiva











RELATÓRIO INDIVIDUAL – SÓCIO AFETIVO


SÓCIO AFETIVO

·         Ao contemplar o processo educativo vivido pelo aluno, pude observar que ……………. manteve um bom relacionamento com a professora e os colegas.

·         Participa demonstrando interesse nos trabalhos trabalhos individuais e coletivos.

·         O aluno colabora nas regras de convívio social auxiliando os colegas quando necessário;

·         Demonstra compreender a importância do respeito e solidariedade do grupo;

·         Apresentou uma grande quantidades de faltas no bimestre.

·         Dem  onstra iniciativa, autocrítica e capacidade para iniciar e manter contatos, participando do grupo e conseguindo ajustar-se a situação de conflito;

·         È uma aluna independente, raramente pede auxilio para concluir suas atividades, sendo cuidadosa com seu material, muito caprichosa com seu caderno e material.

·         È uma aluna assídua e participativa.

·         ………………. continuou interagindo muito no grupo mostrando-se mais interessado e participativo nas realizações das atividades.

·         Possui consciência dos valores que estão presentes na sociedade, porem necessita de ajuda para desenvolver hábitos e atitudes.

·         Sua tarefa geralmente fica incompleta.

PORTUGUÊS

·         Expressa-se com clareza e constrói argumentação .adquiriu autonomia nas atividades de interpretação de textos, respondendo as perguntas com coerência .

·         Produz textos contendo poucos erros ortográficos e identifica a idéia principal de um texto informativo. Tenta ler sem soletrar.

·         Reconhece a função social da língua escrita .Reconhece grande parte das letras do alfabeto e para maioria já atribui valor sonoro ao escrever um texto ainda aglutina palavras e não escreve de forma que se possa ler.

·         Realiza melhor sua atividade em grupo pois necessita de ajuda para realizar suas tarefas. Suas ilustrações são ricas em detalhes.

·         Consegue copiar do quadro e realizar suas atividades sem auxilio.Arrisca a escrita individual, mas ainda atribui valor de silabas a uma só letra.

·         Consegue recontar as historias e criar outro final.

·         Possui grande interesse pelo mundo que a cerca.

·         Discrimina sons em palavras, identificando sons iniciais e finais.

·         Aprendeu a contar historias conseguindo  prever resultados e refazer o final da historia. Já realiza a leitura de textos com maior desenvoltura, percebendo a pronuncia das palavras, o ritmo e entonação.

·         Atribui sentido ao que escreve ,ainda que não utilize a escrita convencional.

·         Encontra-se no inicio da fase silábica. Na leitura individual prefere livros de aventuras.

·         Lê e escreve com letras legível sua grafia é quase ortográfica , reconhece todos os fonemas mas às vezes confunde-se ao escrever o que é normal neste processo .

·         Necessita de um tempo maior para copiar do quadro e realizar suas tarefas.

·         Reconhece o próprio erro quando questionado, conseguindo escrever sozinha com poucos erros ortográficos, produz textos com coerência

·         Observa e descreve situações, lê e escreve com letra legível,sua grafia é quase ortográfica e suas produções textuais apresentam maior clareza de idéias e criatividade.

·         Encontra-se na fase ortográfica, produz escrita alfabética compreensível mesmo contendo erros ortográficos.

·         Tem leitura fluente com compreensão.

·         Faz perfeitamente a relação fonema/grafema.Observa a escrita do adulto.

·         Produz textos com coerência, reconhecendo seus próprios erros quando questionada.

·         Em ralação a leitura e escrita, conseguiu avançar já compreendendo a função social de vários tipos de textos, tais como bilhetes,convites,receitas e historias, contudo sua produção demonstra ainda precisar aprimorar sua leitura e escrita.

·         Expõe suas idéias de forma clara e percebe as diferenças entre texto escrito e outras formas de registros.Já realiza a leitura de textos com maior desenvoltura, percebendo a pronuncia das palavras, o ritmo e a entonação.Suas produções textuais apresentam maior clareza de idéias e criatividade.

·         Ao escrever um texto ainda aglutina palavras e não escreve de forma que se possa ler.

·         Ainda apresenta dificuldades para reconhecer, ler e escrever palavras necessitando de ajuda para construir.

·         A aluna nomeia todas as letras do alfabeto, contudo na escrita ainda não estabelece relação entre letra-fonema.

·         O aluno nomeia todas as letras do alfabeto, na escrita utiliza uma letra para cada silaba oral, atribuindo valor sonoro.

·         O aluno nomeia todas as letras do alfabeto,apresenta escrita alfabética,lê algumas frases ainda que envolva dígrafos e encontro consonantais.

·         A aluna nomeia todas as letras do alfabeto, na escrita utiliza uma ou mais letras para cada silaba oral, atribuindo valor sonoro.

·         Sua leitura e escrita evoluíram significativamente e já questiona aspectos ortográficos da língua.

·         Suas produções textuais ainda refletem suas dificuldades em expressar-se através da escrita, apresentando duvidas quanto a ortografia e a ortografia e a troca de fonemas. Lê com dificuldades buscando decodificar as palavras e frases.

·         Lê palavras simples com bastante dificuldade, pois ainda confunde letras e ainda tem dificuldades em relação a  grafemos e fonema.reconhece grande parte das letras do alfabeto e para maioria já atribui valor sonoro.

·         Ainda continua no processo da construção da escrita, porem já iniciou o processo,arrisca a escrita individual, mas ainda atribui valor de silaba a uma só letra, ao escrever um texto ainda aglutina palavras e não a escreve de forma que se possa ler.

·         Apresentou desenvolvimento significativo em relação ao período anterior. Sua leitura tornou-se mais fluente e clara, porem seus registros ainda refletem suas dificuldades em expressar-se através da escrita.

·         Sua leitura tornou-se mais fluente e clara, porem seus registros ainda refletem suas dificuldades em expressar-se através da escrita.

·         Ainda apresenta dificuldade para reconhecer, ler e escrever palavras, necessitando de ajuda para construí-las.

MATEMÁTICA

·         Realiza cálculos de adição e subtração sem auxilio do professor solucionando problemas do cotidiano e busca resolve-los.

·         Realiza cálculos de adição , subtração e multiplicação , sem o auxilio do professor.

·         Classifica, seria e ordena objetos, compreende o sistema de numeração decimal e resolve situações problemas envolvendo adição e subtração simples.

·         Compreende os enunciados dos problemas e busca resolve-los.

·         Efetuou cálculos de adição e multiplicação com reservas de forma independente já aplicando o algoritmo para efetua-los. Compreende os enunciados dos problemas e busca resolve-los.

·         Em matemática avançou significativamente, efetuando cálculos de multiplicação com reservas e adições simples compreendendo conceitos de algoritmos , empregando na resolução de problemas. Realizou a leitura de gráficos buscando informações com muita autonomia.

·         Em matemática consegue realizar cálculos simples de adição e subtração.Conseguindo estabelecer relações e representando os numerais e suas quantidades.

·         Utiliza adequadamente os símbolos de linguagem matemática, sendo capaz de realizar adições e subtrações com reservas e recursos. Identificou varias formas geométricas reconhecendo-as em objetos do nosso cotidiano. Realizou a leitura de gráficos buscando informações com muita autonomia

·         Em matemática, realizou cálculos de adição e subtração. Ordenou, seriou e comparou os números, empregando com adequação os símbolos matemáticos apresentados. Realizou a leitura de gráficos buscando informações com muita autonomia. Identificou varias formas geométricas reconhecendo-as em objetos do nosso cotidiano.

CIÊNCIAS

·         Reconhece diferentes partes de um vegetal e seu ciclo de vida.
·         Realizou pesquisas onde nomeou e classificou os vegetais. Aprendeu que existem ervas medicinais que auxiliam no tratamento de doenças e que beneficiam o homem.
·         Percebeu como as plantas podem beneficiar na saúde dos seres humanos, através de chá.
·         Aprendeu que existem ervas medicinais que auxiliam no tratamento de doenças e que beneficiam o homem

SOCIAIS

·         Reconhece diferentes elementos que fazem parte da cultura popular.
·         Identifica o bairro como parte de um todo.

   RELATÓRIO INDIVIDUAL PARA O 2º  ANO – TURMA _______
·         Escola: _____________________________________________
·         Aluno:________________________________________Prof.:________________
LÍNGUA PORTUGUESA
·          
·          
·          
·          
·          
·         LEGENDA:
·         A.E (atende as expectativas)
·         N.A.E. (não atende as expectativas)
·         A.P.E (atende parcialmente as expectativas)
·          
DESCRIÇÃO
HABILIDADES
LEGENDA
APRECIAÇÃO DE TEXTOS LITERÁRIOS
O ALUNO SE ATENTA A ESCUTA  DA LEITURA REALIZADA PELO PROFESSOR E/OU COLEGAS.
O ALUNO FAZ COMENTÁRIOS SOBRE A TRAMA, PERSONAGENS E CENÁRIOS DAS HISTÓRIAS LIDAS PELO PROFESSOR
RECONTA  HISTÓRIAS OUVIDAS RECUPERANDO A LINGUAGEM ESCRITA UTILIZADA PELO AUTOR
NA LEITURA COMPARTILHADA E NA ANÁLISE DE TEXTO,  O ALUNO É CAPAZ DE COMPREENDER O ASSUNTO, FAZENDO COMPARAÇÕES COM OUTROS TEXTOS LIDOS, SE APROPRIANDO DA LINGUAGEM ESCRITA, OBSERVANDO OS RECURSOS LINGÜÍSTICOS UTILIZADOS PELO AUTOR, ETC
LEITURA
O ALUNO FAZ EMPRÉSTIMOS DE MATERIAIS DO ACERVO DE LEITURA ESPONTANEAMENTE
FAZ O AJUSTE DA FALA COM A ESCRITA DE TEXTOS QUE SE SABE DE MEMÓRIA
UTILIZA-SE DAS ESTRATÉGIAS DE LEITURA PARA BUSCAR RESPOSTAS EM ATIVIDADES COM BANCODE PALAVRAS, LISTAS, CIRCULA PALAVRAS DITADAS PELO PROFESSOR
LÊ COM AJUDA DO PROFESSOR, DIFERENTES GÊNEROS TEXTUAIS, DIFERENCIANDO SUAS CARACTERÍSTICAS
LÊ POR SI SÓ, TEXTOS CONHECIDOS: PARLENDAS, TRAVA-LÍNGUAS, QUADRINHOS, MANCHETES DE JORNAL,RÓTULOS, LISTAS, ETC
FAZ LEITURA COM AUTONOMIA
O ALUNO É CAPAZ DE COMPREENDER O ASSUNTO, FAZENDO COMPARAÇÕES COM OUTROS TEXTOS LIDOS, COMPARTILHANDO SEUS PONTOS DE VISTA
O ALUNO COMPREENDE OS DIFERENTES PROPÓSITOS DE LEITURA: LER PARA ESTUDAR, LER PARA SE DIVERTIR, LER PARA PESQUISAR, LER PARA COMPARTILHAR, ETC
ESCRITA
RECONHECE, USA E RECITA AS LETRAS DO ALFABETO
UTILIZA A ORDEM ALFABÉTICA EM ALGUMAS DE SUAS APLICAÇÕES SOCIAIS (AGENDA TELEFÔNICA, DICIONÁRIO, LISTA DE NOMES, ETC)
UTILIZA AS LETRAS MÓVEIS, JUSTIFICANDO PARA SI E PARA O OUTRO AS ESCOLHAS FEITAS, MESMO QUE AINDA NÃO SEJA DE FORMA CONVENCIONAL
COMPREENDE O FUNCIONAMENTO ALFABÉTICO DO SISTEMA DE ESCRITA. ASSINALE SUA HIPÓTESE DE ESCRITA:
ALFABETIZADO                                   (    )
ALFABÉTICO                                        (    )
SILÁBICO-ALFABÉTICO                      (    )
SILÁBICO COM VALOR SONORO      (    )
SILÁBICO SEM VALOR SONORO       (    )
       PRÉ-SILÁBICO                                     (    )
ESCREVE TEXTOS QUE SABE DE MEMÓRIA (O TEXTO FALADO E NÃO A SUA FORMA ESCRITA), CONFORME SUA HIPÓTESE DE ESCRITA
FAZ REESCRITA DE PRÓPRIO PUNHO E/OU EM PARCERIA.
REESCREVE HISTÓRIAS DITANDO PARA O PROFESSOR OU COLEGA, HISTÓRIAS CONHECIDAS, CONSIDERANDO ALGUMAS CARACTERÍSTICAS DA LINGUAGEM ESCRITA DO TEXTO.
ESCRITA
PRODUZ TEXTOS DE AUTORIA DE PRÓPRIO PUNHO
PRODUZ TEXTOS DE AUTORIA NECESSITANDO DE ESCRIBA
PRODUZ TEXTOS DIFERENCIANDO OS GÊNEROS TEXTUAIS
FAZ REVISÕES DE TEXTOS INDIVIDUALMENTE
FAZ REVISÕES DE TEXTOS MESMO QUE SEJA COLETIVAMENTE E/OU ORALMENTE
O ALUNO FAZ REFLEXÃO DA ORTOGRAFIA REGULAR E IRREGULAR
EM PRODUÇÕES ESCRITAS, O ALUNO FAZ USO DO SISTEMA DE PONTUAÇÃO
NAS PRODUÇÕES ESCRITAS O ALUNO FAZ USO DA SEGMENTAÇÃO
ORALIDADE
O ALUNO PARTICIPA DE INTERCÂMBIO ORAL (RODA DE CONVERSA, RODA DE BIBLIOTECA, RODA DE CURIOSIDADE)
O ALUNO CONSEGUE INDICAR LIVROS LIDOS, COMPARTILHANDO CONHECIMENTOS ADQUIRIDOS EM RODAS DE CONVERSAS
CONSEGUE ESPERAR SUA VEZ DE FALAR PERMANECENDO DENTRO DO ASSUNTO DA CONVERSA
CONSEGUE ELABORAR PERGUNTAS DENTRO DOS ASSUNTOS TRATADOS
ELABORA SUA FALA ADEQUANDO-A DIFERENTES INTERLOCUTORES

6 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. ADOREI ESTE MATERIAL PORQUE VA ME AJUDAR MUITO NOS MEUS PARECERES INDIVIDUAL DOS MEUS ALUNOS.

    ResponderExcluir
  3. Gostaria de dar -lhe os parabéns por dividir sua experiência ao longo desses 22 anos de Magistério, e dizer que seu blog é maravilhoso!!!
    Beijos!
    Mara - Canoas -RS

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pelo seu blog. Acabei de encontrar algo que veio esclarecer melhor as descrições de parecer em que não conseguia colocar expressões como as observadas por vc. Que bom que postou algo que irá contribuir e muito com o meu trabalho como educador e poder fazer também a diferença para uma educação de qualidade em nosso País. Abraços!

    ResponderExcluir
  5. Parabéns pelo seu blog.Encontrei o que estava procurando para melhor fazer meus pareceres.

    ResponderExcluir
  6. Professora simplesmente, maravilhooosooo seu blog, amei PARABÉNS!!!

    ResponderExcluir